Posts Marcados Jornalismo

Digitais X Tradicionais

Escrevi este texto há algum tempo para um concurso, ele relata minha opinião sobre a relação entre as mídias sociais digitais e tradicionais.

O que as mídias sociais digitais podem ensinar às mídias tradicionais?

Uma característica marcante na internet é abraçar tudo e ao mesmo tempo segmentar os conteúdos por meio de buscas, e aproximar o consumidor a seu veículo. Esta segmentação, que mesmo sem perceber acontece a todo o momento, será algo ensinado pelas mídias sociais digitais as mídias tradicionais.

A cada dia são criados mais sites e redes sociais, com vários objetivos, mas o principal é aproximar pessoas de conteúdos sobre determinado assunto. A evolução desse objetivo acontece hoje, onde tudo é pensado a partir do consumidor, segmentando seus gostos a fim de respeitar e aproximar.

Já é possível perceber esta preocupação em alguns jornais, com reestruturações gráficas ou mesmo de editorias, em revistas que buscam seus leitores para fontes de matérias ou sugestões de pautas. Essa atenção ao consumidor de informação será cada dia mais presente, pois as mídias tradicionais já buscam entender seus públicos e atingi-los da melhor forma.

Outro exemplo que já é realidade é a TV Digital, uma mídia tradicional que está se reestruturando de acordo com as atuais necessidades dos usuários, baseadas é claro, em mídias sociais digitais.

Além de interatividade, a TV Digital busca serviços diferenciados que podem ser escolhidos por seus usuários, o que resulta em uma pesquisa de conhecimento de público e atendimento segmento ao consumidor.

Outras características como a agilidade das informações e rápidas atualizações são pontos a serem analisados pelas mídias tradicionais, que serão levadas em consideração a fim de melhorar o trabalho prestado, sem que a estrutura e identidade dos veículos (tradicional) se percam completamente.

Tanto as mídias tradicionais quanto as mídias digitais sofrerão mudanças, e serão ensinadas a se adaptar ao gosto do consumidor de informação.

Anúncios

, , , , ,

Deixe um comentário

Pessoas do SIM e pessoas do NÃO

 By Profº Marins


Há pessoas do “SIM” e pessoas do “NÃO”

Pessoas do “sim” são aquelas para quem tudo é possível desde que tentado com firmeza. Pessoas do “sim” são aquelas que acreditam em princípio que todas as pessoas são boas e capazes até que seja provado o contrário. Pessoas do “sim” são aqueles funcionários que estão sempre prontos a colaborar, a testar idéias, a comprometer o seu tempo com um novo projeto, a tudo fazer para que as coisas aconteçam. Pessoas do “sim” são pessoas entusiasmadas com o que fazem, com o que são, com as possibilidades de fazer as coisas de forma diferente. Pessoas do “sim” são as bem-humoradas, as com sorriso pronto, aquelas com as quais temos prazer em conviver, conversar, trocar idéias. Pessoas do “sim” são aquelas que fazem tudo e ainda encontram tempo para colaborar, participar, ajudar.

Mas há, também, pessoas do “NÃO”.

Pessoas do “não” são aquelas para quem nada é possível. Pessoas do “não” são aquelas que vivem dizendo que já viram esse filme antes… e que tudo é “papo furado”.  Pessoas do “não” são aquelas azedas, amargas, vivem com uma nuvem negra sobre suas cabeças. Pessoas do “não” são aquelas que não têm tempo para nada. São ocupadíssimas (sic) e nada fazem. Pessoas do “não” são aquelas que vivem isoladas e dizem que “estão cumprindo o seu dever” que é sempre criticar, não-participar, não-colaborar, não-fazer. Pessoas do “não” são aquelas com as quais temos horror em trabalhar.

Sugiro que você fizesse uma auto-análise. Você em qual categoria se encontra? Você é do “sim” e acredita na sua própria capacidade de vencer obstáculos e fazer as coisas acontecerem com entusiasmo ou você é do “não” e vive dizendo-se “realista” e não vive de sonhos e por isso não acredita em nada, em ninguém e nem em você mesmo?

Pense nisso. Cuidado! O mundo de hoje só tem lugar para pessoas do “sim”.

, , ,

1 comentário

“Passeio de domingo”

Em um final de semana desse ai, conheci um lugarzinho muito especial, o “pesque truta” em Pindamonhangaba.

Aconchegante e receptivo, fica no meio de uma montanha, bem escondido e reservado.  

Você pesca e escolhe como sua truta será preparada, resumindo um ótimo programa para família, amigos ou namorados.



 

, ,

Deixe um comentário

Saudades

Durante quatro anos de faculdade passamos por tantas conquistas, felicidades, tristezas, emoções e desilusões… Mas estamos aqui, formados! JORNALISTAS….

Recebi meu álbum de formatura e não resisti… Muitas saudades de todos vocês (muitos não estão nas fotos, mas estão mo meu coração).

, ,

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: